O que você esta procurando?

Carregando...

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Lua de Sangue - Eclipses previstos para 2014



Na madrugada desta terça-feira (15), se as condições meteorológicas permitirem, será possível observar no Brasil e em todo o continente americano um eclipse lunar, quando a Lua ficará na sombra da Terra em relação ao Sol e ganhará um tom avermelhado, razão pela qual o fenômeno é chamado de "Lua de sangue". No Brasil, esse eclipse total poderá ser visto a partir das 3h da manhã e deve durar 78 minutos. O ponto alto deve acontecer a partir das 4h46 (horário de Brasília), e a visão será melhor nas regiões Norte e Centro-Oeste.
Os eclipses totais da Lua, quando o satélite cruza o cone de sombra da Terra, são pouco frequentes. O último ocorreu no dia 10 de dezembro de 2011. A última vez que aconteceu uma série de quatro eclipses lunares totais foi entre 2003 e 2004, segundo a agência espanhola EFE.
Este será o primeiro de uma série de quatro eclipses lunares que deve ocorrer, aproximadamente, a cada 6 meses e se repetirá apenas sete vezes neste século. O próximo eclipse total está previsto para o dia 8 de outubro. Ainda este ano, também será possível observar dois eclipses do Sol (um em abril e outro em outubro).
Ilustração mosta como ocorre o eclipse lunar (Foto: Reprodução / TV Globo)Ilustração mosta como ocorre o eclipse lunar
(Foto: Reprodução/TV Globo)
A agência espacial americana (Nasa) explicou que o eclipse desta terça-feira começará quando a região periférica da Lua ingressar no centro da sombra da Terra, que é de cor âmbar. É durante esse período que o satélite é visto da Terra com uma cor avermelhada, causada pela luz do Sol e matizada por sua passagem pela atmosfera terrestre – algo similar à coloração que a luz solar adquire nos crepúsculos.
Ao longo da história, os eclipses solares e lunares estiveram rodeados de muitas superstições e referências a profecias sobre desastres naturais de grande magnitude.
Veja abaixo os eclipses previstos para 2014:
- 15 de abril: Eclipse total da Lua – visível na parte oeste da África, na parte oeste da Europa, Américas, Austrália e leste da Ásia.

- 29 de abril: Eclipse anular do Sol (quando a Lua fica na frente do Sol e se forma um "anel" do Sol em volta da Lua) – visível na Antártica e Austrália.

- 8 de outubro: Eclipse total da Lua – visível nas Américas, na Austrália e Ásia.

- 23 de outubro: Eclipse parcial do Sol – visível na maior parte da América do Norte, no México e na Rússia

Por Magno Constantino 
Fonte:http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2014/04/eclipse-lunar-podera-ser-visto-partir-das-3h-da-madrugada-desta-terca.html

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Livros e um filme interessantes

O caminho da magia é cheio de mistérios. Durante a caminhada mágica o bruxo adquire muitos livros interessantes que servem de auxílio. Também escrevem diários mágicos e receitas de feitiços. Tudo é muito interessante.

Hoje, vou compartilhar um pouco das fontes que me inspiraram na caminhada mágica. A primeira foi o livro escrito por Franz Bardon, Magia Prática. É uma verdadeira iniciação em uma Ordem composta de 10 Graus e que cada Grau é composto por três átrios. É verdade... Bardon não deixa claro que os ensinamentos do livro  pertencem a alguma Ordem, entretanto,  pela forma como o livro foi escrito, acredito nessa possibilidade.

Mas não posso deixar de mencionar, também, o famoso livro de Paulo Coelho, Diário de um Mágico. Uma aventura cheia de ensinamentos místicos que prende a atenção do leitor, do início ao fim, em uma viagem cheia de mistérios.

Outro livro que gostei muito foi Você e a Eternidade, escrito por Lobsang Rampa. Esse livro é um curso o qual seria ministrado por correspondência, e que por opção do escritor foi escrito em formato de livro para facilitar o acesso da informação.

Por fim, um filme que me encantou muito foi A Chave Mestra; serviu de grande inspiração para realização de feitiços simples.  O filme conta um pouco do hoodoo e passa muitos ensinamentos sobre práticas mágicas.

Bem... é isso. Por hoje é só, até o nosso próximo encontro.


Que os Deuses estejam com vocês!!!

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Calendário de eclipses de 2014 e 2015.



Saudações! Tragos o calendário de eclipses de 2014 e 2015.

Os eclipses lunares de 2014
15 de abril de 2014
Eclipse Total - será visível na Austrália, Pacífico e Américas, com uma duração de 3h 35m. Deste intervalo de tempo o eclipse será total durante 1 h 18 m.
8 de outubro de 2014
Eclipse Total - será visível na Ásia, Austrália, Pacífico e Américas, com uma duração de 3h 20m.Deste tempo, o eclipse será total para 59m.

Os eclipses lunares de 2015
4 de abril de 2015
Eclipse Total - será visível na Ásia, Austrália, Pacífico e Américas, com uma duração de 3h 29m.Desta vez o eclipse será total para 5m.
28 de setembro de 2015
Eclipse Total - será visível na Ásia, Austrália, Pacífico e Américas, com uma duração de 3h 20m.Desta vez o eclipse será total por 1h 12m.


Na Bruxaria há muitas versões sobre a influencia e significado dos eclipses tanto solares como lunares.

Cada Coven (grupo de bruxos!) possui sua versão de acordo com sua crença, panteão e/ou tradição.

O que é geral acordo que trata se do encontro entre os polos positivo e negativo, bem e mal, masculino e feminino, yin e yang.


Muitos feiticeiros, magos entre outros utilizam deste fenômeno para fazer praticas negativas. Fazem iniciações com forças obscuras, dão oferendas a espíritos menos evoluídos em troca de favores entre outras barbáries. 

Mas o verdadeiro mago ou bruxo não faz uso desse tipo de energia destrutiva. Pois ele é sábio, e sabe que terá em triplo somente aquilo que enviar...

Em particular na minha Ordem ( A Ordem de Salomão),
temos os eclipses como períodos ruins, onde o mal passa sobre a terra, as trevas vem nos visitar e plantar suas sementes de fúria e ódio contra a raça humana.

No período do fenômeno fazemos nossas preces, confessamos nossos erros e falhas a nós mesmos, buscamos entrar em contato com o sagrado para que o profano não se aposse de nós. Esse é o momento de colocarmos nossa luz interior pra fora!

De qualquer modo o que vale é plantar o bem sempre!
Amar e respeitar a tudo e a todos!
Com ou sem sol,
com ou sem a presença da Lua.
Que sejamos felizes e repletos de luz!

Por Magno Constantino
By Ordem de Salomão 

terça-feira, 8 de abril de 2014

O CAMINHO DO APRENDIZ NA BRUXARIA

Para aqueles que querem ingressar na Bruxaria, digo que devem ter consciência de que ela é muito mais do que os adeptos ortodoxos dizem.

Portanto, as pessoas podem indicar o caminho para você descobrir os seus mistérios, mas ninguém pode trilha-lo por você!

A Bruxaria é poderosa e prevalecerá no mundo com o seu SEGREDO, tão bem guardado que só os verdadeiros iniciados irão compreender e enxergar.

Ela não é um conjunto de cerimônias estabelecidas pela comunidade pagã, ela é muito mais do que isso!
Antes o período de aprendizagem da Bruxaria chegava a contar com três anos, período esse que correspondia aos estudos realizados em silêncio pelo neófito durante o seu progresso para chegar ao Grau de Aprendiz ou de Iniciado, como alguns preferem chamar.

O fato é que o grande objetivo de um bruxo é despertar o poder latente que se acha em cada ser, e converter o homem em Deus consciente de sua divindade sem limitação e dúvidas, pois o homem é um Deus gerado pela Grande Mãe, como todos os outros Deuses foram gerados.

O bruxo tem que trabalhar com inteligência para o bem de todas as coisas do universo. Ele tem o seu mestre externo por guia na senda (mestre que pode ser desde um professor de um coven até um simples livro), até encontrar o seu próprio Mestre Espiritual.

Conhecer a Verdade e praticá-la é o dever de todo o praticante de bruxaria que deve iluminar a sociedade.

Que todos nós estejamos em harmonia com a Grande Mãe !!!!!!!!


quinta-feira, 3 de abril de 2014

A Deusa – O Poder Constituinte Originário do Universo

A palavra “natureza” é feminina.  Ao fazer uma pesquisa no minidicionário da língua portuguesa, escrito por Evanildo Bechara, encontramos uma definição muito interessante.  Bechara define em sua obra que natureza é o conjunto de todas as coisas e seres do universo.

Tal definição me leva a concluir de onde saiu o conceito de Deusa como origem de todas as coisas. O fato é que a natureza, no meu entendimento, é a manifestação da Deusa. 

Logo, podemos concluir que tudo que existe no universo é a própria Deusa que chamo de  poder originário, pois tudo deriva da natureza, sejam coisas materiais ou espirituais.

Sendo assim, posso terminar o conceito de Deusa como o poder constituinte originário do universo, genuíno e de primeiro grau. Poder que possui a característica de ser inicial, autônomo, incondicionado e ilimitado.
É inicial porque não se fundamenta em outro poder que o anteceda, além disso, é autônomo porque as leis que regem a natureza são originárias da Deusa e orienta todas as coisas. Ademais, podemos dizer que ele é incondicionado e ilimitado porque esse poder não encontra condições, limitações, regras preestabelecidas por outra divindade.

Que o Deus e a Deusa estejam com vocês.


Escrito por Glauber Moreira.

terça-feira, 1 de abril de 2014

                  Por que o Cristianismo perseguiu os pagãos?

             Eu sempre tinha pensado que era simplesmente porque os pagãos tinham crenças diferentes das deles. Mas entendi, depois de pesquisar, que, como em tudo, havia uma importante questão de poder e dinheiro por trás disso.
              Pelo que aprendi, no princípio, havia pequenas comunidades cristãs (que buscavam viver ao modo de Jesus) e milhares de povos pagãos, dos mais variados. Entretanto, em determinado momento, Roma converteu-se ao cristianismo, porque ter uma única divindade era uma vantagem em termos de política e como eles tinham um poderio militar muito grande, iniciou-se uma tentativa de massacrar as crenças pagãs, com um índice alto de sucesso mediante a violência. Isso se expandiu e entrou idade média adentro, aumentando o poderio da Igreja Católica. Tendo se imposto como religião única, que controlava muito poder e muito dinheiro, a Igreja Católica também se colocou como “único caminho” para acessar a Divindade, banindo todos os outros.
                Assim, ela mantinha os fiéis sob controle, pagando com presteza seu dinheiro, mantendo o poder da igreja sobre todos os reinos da Europa, praticamente. Os Deuses pagãos, com a liberdade que davam, não eram interessantes e foram demonizados – tendo a Igreja se imposto através do controle pelo medo. Com a queda no sistema educacional (a idade média é também a idade das trevas), as pessoas foram ficando cada vez menos esclarecidas, tornando-se a igreja também uma das únicas fontes de conhecimento – não era interessante ter pensadores livres.
           O Malleus Maleficarum (“O Martelo das Bruxas”), foi largamente utilizado como um manual de Caça às Bruxas e incitou a morte de milhares de pessoas, nas mais variadas torturas.

(o texto é meu, a fonte de pesquisa principal foi “Bruxas”, 2012)

sábado, 1 de março de 2014

BRUXARIA COM UM COPO DE ÁGUA

Gosto de ver a bruxaria como algo simples, algo que se possa vivenciar no nosso dia a dia. Bruxaria para mim é algo que você aplica no seu dia a dia de forma bem prática. 

Para o dia de hoje resolvi trazer um experimento bem interessante. Embora prefira realizar as minhas operações mágicas sem utilizar muitos objetos, e muitas das vezes nenhum objeto material, às vezes recorro a alguns elementos materiais nas minhas operações de encantamentos. A magia com um copo de água é uma delas. 

O copo d`água é utilizado por mim para atrair coisas na minha vida. Eu o encho com água e peço para que os bons espíritos venham participar do experimento magnetizando a água para atrair o que eu desejo para a minha vida. Após realizado o pedido eu bebo a água e agradeço aos espíritos que participaram da operação mágica comigo e agradeço também ao universo. 

Após realizado o experimento, eu me despeço dos espíritos. 


Bem, por hoje é só. Até a próxima coluna. 


Que a grande luz esteja com vocês.




sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Magia Branca

Magia Branca

           Muito se tem falado sobre magia e suas formas de utilização (sistemas), a respeito da verdadeira magia e coisas do tipo,
gostaria de instigar neste momento os prezados leitores, a refletirem sobre qual o verdadeiro significado da dita magia branca,
ora, sabemos que magia nada mais é que o desdobramento energético através da vontade, sendo este o significado mais sublime
do pentagrama, em muitas obras dos grandes ditos magos, a citar exemplos como Eliphas Levi, Aleister crowley, madame Blavatsky
dentre outros que não citarei para pois grande é o número dos mesmos, vemos que a verdadeira magia e o verdadeiro mago é aquele que
através de sua habilidade mágica, utiliza a magia como fonte de evolução e despertar interior, para sí e para as pessoas que estão ao seu redor, mas
qual é a ponte que separa a magia branca da magia negra? tendo em vista que a unica divisória entre as duas, é a moral do magista, como 
podemos dizer se estamos realmente fazendo o bem ou a magia branca? acredito numa visão própria, mas generalizada que, devemos sempre nos observar
nos deslizes, e antes de qualquer operação magica pedirmos licença ao grande tribunal astral e nos conscientizar da autorização astral ou não,
para que nossas magias sejam praticadas de forma mais justa mediante a lei do retorno, devemos retirar de nossa consciência a idealização infantil do
mago supremo, pois a principal forma de rompermos está linha tênue entre essas duas concepções filosóficas, éticas e morais(magia branca ou negra),
é a falta de entendimento quanto ao fato de que, a nossa vontade acaba quando a de outro ser começa.

           para exemplificar mais o que pretendo dizer, tenho visto exemplos mais sutís de irmão de outras sendas conscienciais, fazendo circulo de oração,
em homenagem à outros membros congregacionais, para que os mesmos voltem para a sua igreja(dita como casa do "senhor"), manipulando através do pensamento condicionado, energias astrais ou seja, praticando, digo sinceramente, MAGIA NEGRA, já que o pensamento de todos estará para romper o livre-arbítrio de outro ser que no momento está "desviado" por motivos e vontades próprias. então irmãos, podemos ver que, a magia é praticada em todos os lugares, não sendo propriedade de nenhum sistema magico e sim da humanidade, e mesmo em sendas religiosas que consideramos muitas vezes como de baixo despertar consciencial, podem sair magias de intenções astrais duvidosas, portanto tenhamos a maior atenção quanto ao que entendemos como o bem alheio, para que não tenhamos que ainda passar varias vezes pelos ciclos de nascimento e morte por causa do uso inconsequente da magia, assim como nossos ancestrais Atlantis. À todos, espero que recebam minhas sinceras vibrações de luz na mente, paz no coração e energias positivas, e como não poderia deixar de ser meu SARAVÁ fraterno.


Êsdras Hernanny (mestre axbimaihera).

Novo Colunista! Alô Rio Grande do Norte! É com Êsdras Hernanny

Êsdras Hernanny por ele mesmo...

Bom, meu nome é Êsdras Hernanny, sou nascido em Pernambuco, desde pequeno com a minha mãe evangélica fui influenciado pela velha egrégora, que acho que todo iniciado em algum tipo de magia e teve pais evangélicos sabe, a do “FILHO DA PROMESA”, porem segui um caminho completamente diferente, aos doze anos, morando na cidade de Olinda-pe, fiz vários amigos, como qualquer outra criança dessa idade, com um diferencial, desde pequeno tive influencias musicais do meu padastro e virei “roqueiro” e como não poderia deixar de ser estes amigos comungavam do mesmo gosto musical, então com o tempo comecei a ouvir, aqui e ali, uma conversa estranha sobre um assunto estranho, MAGIA, instantaneamente me senti atraído com uma intensidade imensa pelo assunto, até que fui aceito por todos os membros do circulo mágico no qual sentia afinidade e era postulado a iniciado, com meus treze anos fui iniciado na Wicca, na tradição de Alexandria/alexandrina, me tornando quinto membro do grupo e bruxo com afinidades para o elemento fogo. Certo tempo depois fui contar para minha mãe a decisão que tinha tomado, instantaneamente a reação foi negativíssima, consequentemente minha mãe achado que tudo era obra de satanás, me deportou imediatamente para morar em natal-rn, como se isso fosse resolver tudo, como ela estava errada.....
Ao chegar na cidade de natal, continuei com meus estudos ocultistas, inevitavelmente voltei a me aproximar da Wicca, porem também tomei outros caminhos paralelamente, minha avó que já morava em natal também tentou afastar esse “espíritos ruins” de perto de mim só que agora com uma diferença, no lugar de igrejas fui levado a centros espíritas, o que de certa forma foi bom pois descobri que era médium, porem como sempre tive fascínio pela magia, me afastei do kardecismo e fui impulsionado direto ás religiões afro onde fui parcialmente iniciado no catimbó-jurema culto essencialmente nordestino e logo após descobri meu verdadeiro chamado e missão quando de minha iniciação na umbanda, onde hoje sou médium ativo há oito anos, sou sacerdote e grão-mestre de uma organização fundada no astral pelos meus guias e trazida ao plano material através de minha mediunidade, chamada ordem mística luz divina – templo de umbanda do caboclo Ubirajara e do exu toquinho, fora isso contribuo nas organizações: sociedade das ciências antigas, membro da IOT-ILLUMINATES OF THANATEROS.
Desejo contribuir como colaborador no site Wicca Brasil, com uma coluna que fala abertamente sobre magia e principalmente da umbanda e sua relação com a magia elemental o que vai direto com a pratica da magia wiccaniana, estimulando o aprendizado mágico e espiritual, e desmoronando o preconceito e desmistificando as duas formas de culto com conhecimento e educação.   


Êsdras Hernanny (mestre axbimaihera).

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

A Comunhão com as Divindades

A comunhão com o Deus e com a Deusa é algo muito particular. Entretanto, gostaria de compartilhar parte dessa comunhão com os leitores desse artigo.

Minha vida espiritual é muito boa; possuo um relacionamento com o Deus e com a Deusa  muito bom.  Mas não sou uma pessoa presa às práticas ritualísticas, digamos que sou muito alternativo na minha vida religiosa. 

Ontem foi um dia muito importante na vida dos bruxos dentro da roda do ano, o dia 02 de fevereiro. Essa é uma data muito importante para os praticantes de bruxaria.

 Eu, durante todo o dia, elevei meus pensamentos para a natureza. A sintonia mental com o Deus e a Deusa é muito mais importante para mim do que realizar rituais sofisticados. Quero lembrar que não critico as pessoas que fazem rituais sofisticados, apenas digo que na minha vida eu não faço dessa maneira.

Continuando...

Minha vida de bruxo, ou seja, o meu relacionamento com o Deus e com a Deusa é algo muito gratificante. Falo com eles através de orações e sempre sinto a presença dos Deuses. O mais importante é que as divindades ouvem as minhas preces. Não faço oferenda, não acendo vela, não acendo incenso. Eu possuo um elo mental com elas e tenho a minha oração atendida. Nos dias de comemoração(sabbatt e Esbbatt) eu faço contato com as divindades onde eu estiver. A oração é a minha ferramenta de contato.

Pessoal, Ess é a minha forma de cultuar e me relacionar com as divindades. Cada um tem a sua, não é verdade?

O mais importante é a liberdade de culto. O bruxo solitário tem a dádiva de seguir o seu caminho ouvindo o som da natureza!


Que a Deusa e o Deus estejam com vocês.  

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Nosso início espiritual é feminino

       Muitos estudiosos explicam que, quando a humanidade começou a adquirir o conceito de sagrado, a desenvolver um senso religioso, este se deu através de uma Deusa, uma Grande Mãe, uma forma feminina de ser superior.

         Em diversos lugares (França, Espanha, Germânia, Rússia, Inglaterra) foram encontrados, ainda no período neolítico e (em menor quantidade) no período paleolítico pinturas em cavernas, estátuas, vasos, esculturas que representavam mulheres grávidas com os caracteres sexuais primários e secundários bastante grandes e evidentes. Estas imagens “foram chamadas pelos arqueólogos de Vênus e representavam objetos de culto à Grande Deusa Mãe” (Prieto, 2000, p. 21). 
    
           Há ainda a questão da matrilinearidade, contatada em vários povos incluindo os Celtas e  segundo Lady Mirian Black, 2012: “nas sociedades matrilineares cabia ao homem a força bruta, a caça, a proteção do grupo, mas o foco central era a figura feminina, representando a geração da vida, a nutrição, o amor. A Deusa era chamada de Mãe, palavra esta que por si só implica equilíbrio entre o feminino e o masculino, remetendo à harmonia da Natureza.”

          A figura de uma divindade masculina apareceu depois, e portava atributos muito diferentes daqueles cultuados pelas religiões patriarcais contemporâneas. As primeiras ideias em torno do Deus mostravam um ser com atributos de animais,   Porque Ele era representando como os aspectos masculinos da época, portanto, relacionados à caça, aos animais e à fertilização “A Deusa é considerada a doadora da vida enquanto o Deus é o fertilizador. A Deusa é todas as mulheres e o Deus é todos os homens (...) O Deus da Wicca é vivo, forte, sexual, ligado aos animais, não sendo em nada semelhante ao assexuado e transcendental Deus monoteísta. Ele representa tudo o que é bom e prazeroso como a vida, o amor, a luz, o sexo, a fertilização”.

          Ele era representado com os chifres do veado, que se renovam periodicamente, sendo símbolo, portanto, da renovação. “Com a chegada do Cristianismo na Europa com todo o seu conjunto de pecados, proibições e tabus sexuais, o Deus Cornífero foi transformado na figura do Demônio e do mal pelos primeiros Cristãos. Até então o Diabo jamais tinha sido representado com chifres na cabeça e isso só aconteceu para denegrir a imagem do Deus dos Bruxos” (Prieto, 2009, p. 50 -51)

domingo, 12 de janeiro de 2014

O Poder da Oração

A oração é uma grande ferramenta que o bruxo possui e está a sua disposição para ser usada todo momento que precisar.

Ela é uma das forma de contato com o mundo espiritual, pois basta acalmar a nossa mente e mentalmente podemos nos comunicar com os espíritos.

Em noite de lua cheia, quando os espíritos dos bruxos encarnados e desencarnados estão em maior sintonia mental, é uma excelente ocasião para orarmos.

Quando quero inspiração para receber revelações dos Mestres da Bruxaria que viviam encarnado no nosso planeta, aproveito o dia de lua cheia para orar pedindo ajuda desses professores da sabedoria. Sem vela, sem espelho, sem incenso, eles me respondem.

A bruxaria é algo muito simples. Basta seguirmos o nosso coração que o seu Mestre Espiritual que está sempre junto de você irá ajudá-lo.

Paz e Luz!


Escrito por Glauber Moreira.

sábado, 11 de janeiro de 2014

Os Espíritos Sábios

   
Os Espíritos Sábios são seres que detêm muito conhecimentos sobre determinados assuntos. Muitas vezes são invocados nas práticas mágicas para orientar um bruxo em sua decisão.

A maioria das vezes que um bruxo utiliza uma espécie de oráculo, um Espírito Sábio se aproxima para prestar auxílio na atividade oracular. 

O Mestre Espiritual é uma espécie desse tipo de espírito, logo, toda vez que um bruxo está meditando para entrar em contato com o seu Mestre Espiritual, está entrando em contato com um espírito da sabedoria.

Ademais, existem alguns espíritos da sabedoria que se manifestam em forma de espírito animal, como ocorre com os xamãs.

Esses tipos de seres espirituais estão o tempo todo influenciando nossas vidas através de várias formas. 

Portanto, nós que somos bruxos, devemos ficar atento as informações que esses seres possam estar nos passando.

Luz para todos.

Por Glauber Moreira. 


        



domingo, 29 de dezembro de 2013

Janus: guardião do Ano Novo!

O Ano Novo se aproxima e podemos fazer contato com o Deus  que guarda todas as portas, inclusive a do novo ano!
Janus (ou Jano) foi Deus romano que deu origem ao nome do mês de Janeiro. Trata-se de um dos Deuses mais antigos do Panteão Romano e com outros pouquíssimos Deuses (Júpiter, Marte, Quirino e Vesta), seriam os Deuses romanos originais, possivelmente vindos de uma religião ainda mais antiga, indo-européia e/ ou etrusca. Com a estruturação do Mito e a helenização, passara e ser entendido como filho de Creusa e Febo. A figura de Janus é associada a portas (entradas e saídas, começos e finais, inclusive do ano – por isso deu o nome ao primeiro mês), bem como a transições. A sua face dupla também simboliza o passado e o futuro. Janus é o Deus dos inicios. O maior monumento em sua glória se encontra em Roma e é tem o nome de Ianus Geminus.
Costuma ser representado como dois rostos, um para cada lado opostos, ligados pela parte de trás da cabeça, uma figura masculina com barbas e outras sem ela. Existem algumas representações com quatro faces. A idéia é a de que Ele era capaz de olhar para uma questão a partir de todos os pontos de vista. Por isso era tido também como orador eloquente. Ele tem sua equivalência feminina e também considerada consorte, a Deusa Jana, Deusa da Lua, Caminhos, Magia e muito cultuada até hoje em várias tradições da Stregheria e também Ela era representada com duas faces, uma olhando sempre para o passado e a outra para o futuro. Os romanos o associaram também com o Deus estruco Ani, Deus do Céu, que como Janus, era representado com duas faces.
Na mitologia, uma das faces de Janus falava a verdade enquanto a outra mentia, confundindo assim a pessoa na hora de fazer uma escolha importante que poderia trazer grandes conseqüências, isto mostra a dualidade de Janus e seu papel como Deus das indecisões, pois representava assim aquele que acalenta e guia, protege e ama ao mesmo tempo que aquele que engana, que trai, que odeia e que trapaceia. Algumas tradições acreditavam que Janus também encarnava o caos, tanto exterior como interior.
Seus templos, que eram numerosos, ficavam abertos em tempos de guerra e fechados em tempos de paz (mas na prática foram fechados apenas duas vezes).
Este Deus é tido como o regente de Lácio, região da Itália Central (onde também nasceram as línguas originárias do latim, como o português). Pela origem do Mito, a maioria esmagadora das histórias em torno deste Deus é romana. Ele teria erigido uma cidade no alto de uma montanha e chamou-a Janículo. Na mesma época, acolhendo Saturno que havia sido expulso da Grécia, ficaram sendo vizinhos, este reinando em Saturnália.
Segundo o Mito, durante o reinado de Janus, houve perfeita honestidade entre os humanos, abundância e paz. Esta época, chamada de idade do ouro, permitiu a agricultura, o desenvolvimento e a invenção da moeda, pelo próprio Deus.
A Jano se consagravam todos os inícios. Portava uma chave por ser o deus guardião das soleiras, inclusive sendo o “porteiro” de Júpiter. Tendo dois rostos, um olhando em cada direção, tinha conhecimento sobre o futuro e sobre o passado. Antes de qualquer ritual destinado a outro deus, Jano recebia primeiramente um sacrifício, para então iniciar o ritual.
Em algumas histórias, Ele se casou com sua irmã Carmese, e teve um filho chamado Aethex e uma filha chamada Olistene. Em outras ele se casou com a ninfa Yuturna, com quem teve o filho Fons, o deus das fontes.
Algumas das simbologias associadas a Janus: o oculto e o conhecido, a verdade e a mentira, a Lua e o Sol, o passado e o futuro, a dualidade que todos temos dentro de nós e que muitas vezes se manifesta em momentos cruciais de nossas vidas, nos confundindo e embaralhando nossos sentimentos e a capacidade de raciocinar, o emocional em atrito com o racional. Seu símbolo é uma chave a qual abre todas as portas e possibilidades como também as tranca. Seu mês é Janeiro.
Oferendas: tâmaras, bolo, sal, moedas, mel, figos.
Eu mesma fiz uma pequena honra a Jano, no primeiro dia do ano, durante a primeira chuva, pedindo as mudanças que eu precisava que acontecessem nesta vida.

Fontes de pesquisa:   
 http://sonhosdeluar.blogspot.com.br/2012/01/deus-janus-o-senhor-dos-portais.html 
http://www.thewhitegoddess.co.uk
O Livro de Ouro da Mitologia: Histórias de Deuses e Heróis – Thomas Bulfinch
Wikipédia

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Rituais para 2014!

Rituais de fim de ano: entre 2014 com o pé direito

É hora de dar tchau as energias que estiveram com você durante 2013! 




* * Banho “Espanta Inveja” * *
Arruda
Alecrim
Levante
Guiné
Boldo
Folhas de pitangueira
Espada de São Jorge
Ferva dois litros de água. Depois que a água ferver, desligue o fogo, acrescente as ervas e deixe-as em infusão por mais ou menos 15 minutos.
Tome o banho com a infusão de ervas do pescoço para baixo, de preferência antes de dormir, na primeira segunda-feira de dezembro. Descarregue a água "suja" num gramado bem verde. Repita nas 7 segundas-feiras seguidas.

* * Simpatia para proteger a sua casa * *
Água
Sal grosso
Misture os ingredientes em um borrifador e, na manhã de um domingo, acenda um incenso de alecrim e borrife o líquido por todos os cantos da casa. Assim que o incenso acabar, jogue as cinzas na porta de entrada e deixe que o vento ou o tempo leve-as embora.


Por Magno Constantino 
By Ordem de Salomão 

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

UMA BELA MENSAGEM

Para o dia de hoje trago uma mensagem de um grande espiritualista, Chico Xavier. Essa mensagem, estampada na figura ao lado, é alvo de grande reflexão.

Nós, que somos seres humanos e espíritos em evolução, devemos ter consciência das nossas potencialidades.

A mensagem desse espiritualista nos faz lembrar que devemos nos esforçar a todo momento para conseguirmos alcançar os nossos objetivos.

Portanto, devemos ficar ciente que as dificuldades apresentadas pela vida devem ser enfrentadas com nossos esforços para que possamos alcançar  os bons resultados.



Que os Deuses estejam com vocês !!!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Calendário Temático 2014


Glamoury

Glamoury

Segundo as lendas quando os Celtas chegaram na Irlanda a Ilha de Esmeralda estava habitada por Tuathas de Danaa. Como estavam sendo invadidos os Tuathas com ajuda dos elementais se transformaram em plantas e outros em elementais.
Este feitiço usado por eles é chamado de glamoury é basicamente o véu da ilusão. Sempre que queriam se proteger ou não serem vistos os Tuathas usavam dele para causar ilusões aos humanos. Como tempo o feitiço ficou conhecido como Glamour que inclusive é o termo utilizado para definir alguém que esteja bem arrumado, ou seja causando uma ilusão daquilo que deseja ser.

Hoje em dia muitos bruxos tentam alcançar os resultados deste feitiço que é bastante complexo.

A magia
Para fazer este ultimo tipo de Glamour você precisará de :
1 Espelho: este utilizados só para fins mágicos.
1 Vela vermelha.
1 vela verde.
1 talismã para ativar o feitiço, de preferencia um colar com alguns símbolo Celta pois ele ficará no centro do corpo e será visto por todos, de prata de preferencia, diamantes, opalas ou jade, se quiser borrife nele o perfume de sua preferencia.

Modo De Fazer:
Essa magia deve ser feita no horário de vênus numa sexta-feira alta da noite, o horário melhor 00 hrs á 01hrs, quanto mais escuro melhor, faça um circulo no chão, sente-se ao meio de frente para o oeste, centro tradicional Celta para os Tuatha.
Coloque o espelho a sua frente e as velas firmadas atrás uma em cada ponta, formando um triangulo com você ao meio.
A vela verde representa o planeta vênus que rege a beleza pessoal e a vermelha tem a cor do desejo e da paixão e irá ativar a projeção do seu carisma.
Mantenha essa associações em mente, mas mantenha as velas fora de vista, a ideia é ter um pouco de luz para que se veja no espelho, mas não o suficiente para que ela esteja clara no reflexo.
Pegue o amuleto, segure firme entre as mãos, respire fundo 3x vezes, segure o ar e solte lentamente a cada vez, olhe então para o espelho e visualize sua imagem mudando para o aspecto que deseja, para aquilo que você quer, ao fazer isso jogue a energia no amuleto a medida em que sua imagem muda, pois esse amuleto será o ativador da magia, não se assuste se sua imagem tomar vida própria ao olhar o espelho nesse momento, quando estiver satisfeito com sua imagem que foi moldada no espelho coloque o amuleto sobre a área cardíaca e jogue energia dentro dele, visualize que ele se torna o ativador do feitiço sempre que usa-lo, sele o feitiço repetindo a rima :

Aquilo que vejo posso tocar.
Aquilo que desejo se realizará!
Do meu subconsciente se transformará
Para que todos possam notar!


Por Magno Constantino 

rotativo